quinta-feira, julho 27, 2017

Liberdade e libertinagem

Sem liberdade de imprensa não há democracia. Porém, a libertinagem em que caiu a comunicação social portuguesa nada tem de democrática. Está mais próxima do fascismo.

O tratamento jornalístico do incêndio de Pedrogão e a especulação sobre a lista das vítimas que provocou, vieram demonstrar mais uma vez que a maioria dos órgãos de comunicação social não produz informação fiável, deturpando a verdade em favor das agendas políticas da oposição de direita.






2 Comentários:

Às 27/07/17, 16:14 , Blogger J. Cosme disse...

Não confundamos.
A imprensa, sobretudo os chamados meios "de referência", e as televisões estão todos ao serviço do mais retrógrado, mais reacionário e mais antipopular que possamos imaginar. Não recordo outra situação semelhante a esta senão nos sombrios tempos da ditadura fascista.
Não quero dizer que não existam nesses meios verdadeiros jornalistas para quem a verdade, isto é, a concordância entre o que se informa e a realidade, ainda seja o seu único horizonte de referência. Desses eu tenho pena, porque acho que devem sentir o mesmo que eu quando leio as atoardas, as alarvidades, as mentiras e as palermices que os outros escrevinham, sem que a "autoridade" dos diretores ou chefes de fila impeçam a sua publicação.
Por exemplo, o que justifica que a SIC chame, em horário nobre, uma mentirosa, no mínimo tremendamente incompetente, para que esta pudesse afirmar que "contou" muitos mais mortos em Pedrógão?! Como pode a "senhora jornalista" explicar que tenha dado voz a uma doente mental, sem antes ter procurado investigar a validade das afirmações que proferiu?! O que está por trás de tudo isto senão uma tentativa de golpe de estado?
Ou, o título que um rapazote imberbe e mitómano escreveu num desses meios "de referência", a propósito dos incêndios e dos desaparecimentos de armas, dizendo "O governo deve cair.Ponto.". Mas qual ponto?! Provavelmente um ponto de espantação! De espanto, sim, de como um jornal que foi, noutros tempos, um grande jornal se permite publicar tanta semvergonhice...
Fico-me por aqui, para não deixar que, um destes dias, possamos vir a ser incomodados por ofensas agravadas.... Não sem antes reafirmar o que penso,isto é, que vivemos um tempo em que os fascistas já perderam a vergonha.

 
Às 27/07/17, 18:01 , Blogger soudocontra disse...

Muito bem, está tudo dito, pelo Blog e pelo J. Cosme!
Que fazer? Perguntava Lenine!
Continuo com esta pergunta na mente depois de ver as canalhadas criminosas desta direita sem escrúpulos, convencidos que estão que o povo se tem mantido ignorante e manipulado, como no seu tempo. Força, António Costa, continua com os possíveis apoios incondicionais dos outros partidos do governo, a dirigir o teu governo, o melhor pós-25Abr74!
Manuel C Torres

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial